Crivella vistoria obras na Rocinha

Crivella percorre rua da Rocinha com o presidente da Comlurb

O prefeito Marcelo Crivella vistoriou na manhã desta segunda-feira (15) algumas das obras que estão sendo realizadas na comunidade da Rocinha, que totalizam investimentos na ordem de R$ 9 milhões. Obras da GEO-RIO têm o objetivo de eliminar riscos em encostas situadas nas áreas da Dioneia e do Laboriaux, com instalação de “cortinas ancoradas” nestes trechos, canaletas de drenagem pluvial e revestimento de aludes com concreto projetado.

As obras, já em andamento, têm previsão de término de quatro meses e aplicação de recursos de cerca de R$ 4 milhões. Outra ação é a instalação de grades sobre o canal da Rocinha, que vão englobar cerca de 360 metros de grades e 730 metros de guarda corpo – já foram implantados 300 metros de guarda corpo metálico e cerca de 90 metros de grades. Este serviço tem o objetivo de inibir a presença de lixos e detritos no interior do canal, evitando os constantes alagamentos e possibilitando uma melhor manutenção ao longo do seu curso.

“A Rocinha merece uma atenção especial por suas características. Hoje, entre nossas ações mais importantes aqui, é a contenção de encostas para evitar que as chuvas de verão causem grandes danos como a queda de barreiras, que pode levar a óbitos, e a proteção do valão, que vai impedir assoreamento e transbordamento. Também estamos aqui com a Vigilância Sanitária para coletar e testar água, checar processamento de alimentos em bares e quiosques, para que não aconteça o que ocorreu no Vidigal, que tinha três focos de hepatite em pontos de água contaminada e fez com que alguns moradores contraíssem a doença”, afirmou o prefeito Crivella.

Em outra frente de trabalho na Rocinha, estão obras a cargo da Roirube para a recuperação de fachadas e instalações nas escolas municipais André Urani e Francisco de Paulo Brito, na creche municipal Castelinho e no CIEP Bento Rubião. Os trabalhos têm previsão de término nos próximos 3 meses. Os investimentos nas recuperações são da ordem de R$ 3 milhões. A Subsecretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação está com programa de recuperação de fachadas de moradias da comunidade da Rocinha, desenvolvido com a participação de moradores. A população receberá títulos de propriedade de imóveis da favela. As obras estão em processo licitatório e com previsão de início nos próximos 30 dias. O prazo previsto para conclusão é de oito meses. Os investimentos previstos na recuperação são de R$ 1,16 milhão. Entre os serviços, está a identificação de casas sem janelas, o que propicia a incidência de tuberculose. Em dois terrenos, serão instaladas unidades do Minha Casa Minha Vida.

Matéria de Jornal do Brasil clique aqui

FavelaDaRocinha

Site de comunicação comunitária desenvolvido por estudantes de comunicação da própria comunidade da Rocinha.

FavelaDaRocinha

FavelaDaRocinha

Site de comunicação comunitária desenvolvido por estudantes de comunicação da própria comunidade da Rocinha.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *